segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Pra quem reclama de falta de emoção...


Já ouvi muita gente boa criticar o campeonato por pontos corridos. O maior argumento era que a falta de uma final (ou fase final) tirava a graça do campeonato e que, no sistema atual, o campeão seria decidido com muita antecedência na maioria dos anos. Sempre retruquei com três argumentos: os pontos corridos obrigam os times a se planejar e se estruturar. E isso já bastaria para aprovar a fórmula. Além disso, como o Brasileiro é o campeonato mais equilibrado do mundo, dentro de pouco tempo seria muito difícil um time disparar todo ano. E terceiro, com o modelo atual, nenhum time encerra as atividades em outubro. Parece que os clubes brasileiros aprenderam a jogar este tipo de campeonato. E com o equilíbrio óbvio, aparece a mais óbvia ainda emoção. Ou alguém é louco de dizer que algum time é favorito ao título? Ou cravaria os quatro rebaixados? Está tudo aberto no melhor campeonato brasileiro dos últimos anos.

O campeonato, depois de várias rodadas, tem um novo líder. Com o empate sem gols fora de casa contra o Náutico, o Palmeiras chegou aos 50 pontos, empatado com o Grêmio, mas leva vantagem no número de vitórias. O Tricolor Gaúcho foi massacrado pelo rival Internacional, comandado por Andrés D'Alessandro, que só precisou de 45 minutos para fazer 4 a 1 e entrar de vez na briga pela vaga na Libertadores. Já são quatro vitórias seguidas do Colorado, que é o oitavo, com 42 pontos. O time demorou a se arrumar, não deve ter forças para ser campeão, mas a vaga na Libertadores passou a ser muito possível.

No sábado, a sensação do segundo turno fez mais uma vítima. O Goiás, que tem 6 vitórias, um empate e uma derrota no returno, fez 3 a 0 sem dificuldades no Vitória, no Serra Dourada. A quinta vitória seguida do Esmeraldino o leva à sétima posição, quatro pontos atrás do G-4.

Antes de sair de casa, também no sábado, rumo ao Maracanã para ver Flamengo x Sport, falei com meu pai para se preparar para outra "goleada" de 1 a 0, outro jogo cachorro, como foi contra o Ipatinga. Mas desta vez o Flamengo exagerou. Não jogou absolutamente nada. Meio-campo sem força, que expunha a defesa demais e um ataque que não pressionava a defesa adversária. Para piorar, um adversário bem postado, bem treinado e que joga sem pressão. O Sport fez 1 a 0, com méritos. Então resolveu recuar. Mas recuar contra um Maracanã enlouquecido e um Flamengo que não se entrega não costuma ser bom negócio. Os 45.000 encharcados torcedores resolveram levar o time nas costas. A cantoria transformou os jogadores em guerreiros. A recompensa veio aos 45 minutos do segundo tempo, com um gol salvador de Vandinho, que mergulhou no campo molhado para virar o jogo e mostrar que realmente tem estrela. Quando não vai na técnica, vai na vontade. Uma vitória de time grande, que dá moral para a reta final. Para o técnico Caio Junior, alguns recados: Everton tem futuro, é bom jogador, mas o Sambueza precisa ser titular (apesar de ter sentido o gramado pesado). O garoto vai render mais se entrar no segundo tempo, colocando correria contra a defesa cansada. E chega de insistir com Obina. Vandinho não pode ser reserva do Josiel.

Hoje, faltando 11 rodadas para o fim, temos cinco times disputando o título (Palmeiras, Grêmio, Cruzeiro, Flamengo e São Paulo), quatro disputando uma vaga na Libertadores (Botafogo, Goiás, Inter e Coritiba) e do Atlético-MG para baixo, nove lutando contra o rebaixamento. Tem que ser muito mala para reclamar deste campeonato...


14 comentários:

Guilherme disse...

Só esqueceu de falar que o Grêmio foi roubado mais uma vez. Quando todo mundo torce contra o Grêmio, eu acho até gostoso, pois me cheira a inveja. Mas quando começa a prejudicar o time, eu já acho escroto demais. Aparentemente, poucos times conseguem fazer frente com a equipe do Grêmio em uma partida justa.

Alexandre Matos disse...

O penalti do Pico foi duvidoso. Nao acho q foi roubado. Teve gente q achou penalti, outros nao acharam. O juiz nao tem replay, tem q decidir na hora.

E levar 4 gols em 45 minutos dificulta qquer reclamação de roubo.

Alem disso, nao lembro de vc nem nenhum gremista ter dito que o Gremio ganhou do Sao Paulo no Olimpico com um gol irregular, em completo impedimento. Normalmente a gente so repara qdo é contra nosso time ;)

Chã, Patinho & Lagarto disse...

Eu reclamo. To gostando desse campeonato mas pra mim é exceção. Sem contar q ainda faltam 11 rodadas. Nao acho q sera pau a pau assim ate a ultima rodada nao (espero queimar a lingua). Sem contar q a emoção da parte de baixo e de cima tb seria no modelo de mata-mata.
E outra: é balela dizer q campeonato de pontos corridos "força" o clube a se organizar. Não é o modelo de campeonato q tem q fazer isso. E além do mais isso pra mim é a mesma besteira q se ouvia de MUITAS pessoas até pouco tempo atrás: Rebaixamento faz bem pro clube tomar vergonha. Piada né? Rebaixamento só envergonha o clube. E se fosse assim o Fluminense nao seria tri-rebaixado, o Grêmio bi e o Flu nao estaria na lanterna hj. Nem o Botafogo em 2004, o Galo esse ano, e por aí vai. Tem mto time q começa o campeonato de pontos corridos e não se estrutura. Nao é esse modelo q vai organizar. É vergonha na cara e trabalho decente dos dirigentes. Mas enfim, espero q continue assim pra sempre (o q eu acho mto dificil).

Guilherme disse...

Alguma hora o Grêmio tem que ser beneficiado tb!
E sobre o GRE-Nada eu não falei só do penalti. Os dois primeiros gols foram absurdos. O primeiro foi resultado de uma falta que não existiu. E o segundo foi resultado de uma marcação de mão INCORRETA que, para piorar, o jogador do colorado de merda bateu a falta enquanto o juiz estava contando a barreira. E o juiz deixou seguir!!!! Isso é descarado! Sem contar na expulsão COMPLETAMENTE EQUIVOCADA do Tcheco!! Depois de tanto roubo, o time desequilibra, não tem jeito. Os outros dois gols foram consequencia disso!

Aliás, notícia fresquinha. Diego Souza absolvido por um lance pior que o do André Luis do Grêmio (que tomou dois jogos de suspensão). Alguem duvidava disso?

Julia disse...

Guilherme
É muito normal que todo mundo estivesse "torcendo contra" o Grêmio. Afinal de contas, ele foi o centro das atenções do futebol brasileiro por ter se mantido na liderança (isolada) por tantas rodadas. Isso é comum a qquer time que esteja na frente. Certamente agora o foco será desviado para o Palmeiras...

Só espero que muito em breve, todo esse foco e "torcida contra" se voltem ao time que sempre foi o centro dessas atenções: O Flamengo!

Adivinha pq??? :)

Alexandre Matos disse...

Grgr,

Nao sei se vc sabe, mas nao existe barreira na regra do futebol. Existe apenas uma determinação para que os adversários fiquem a 9,15m da bola.

Por este motivo, nao existe obrigação do juiz em esperar montar barreira nenhuma. Ja cansei de ver gol com nego metendo a bola enquanto o goleiro esta arrumando a barreira.

Alexandre Matos disse...

Daniel,

Vc é um cara inteligente, mas tem horas que fala cada uma...

É ÓBVIO que o modelo do campeonato nao é o q tem q fazer os clubes se estruturarem. Nego devia ser estruturado de qquer modo. Mas nao é assim que acontece.

Entao, um campeonato como esses, que privilegia o melhor, que nao tem espaço pra zebras toscas, obviamente obriga nego a se estruturar, pra nao ir pra vala.

E outra coisa: o post em momento nenhum falou q rebaixamento é bom. Rebaixamento é vergonhoso. Coloca um post falando sobre sua ideia sobre rebaixamento, se quiser. Mas aqui nem foi tocado o assunto.

Guilherme disse...

Pode até não existir barreira, mas se o juiz está contando a barreira, os jogadores têm que respeitar. O maior exemplo disto acabou de acontecer. Grêmio x Botafogo. Falta para o Grêmio. Juiz estava contando a barreira e o Grêmio tentou sair na velocidade. Resultado: o juiz mandou voltar. Aliás, nesse jogo houve mais um penalti que o juiz não deu. Só para botar na conta.

Alexandre Matos disse...

Guigui,

E a expulsão do Jorge Henrique, foi justa?

Cara, arbitragem erra pra todo lado.

Guilherme disse...

Vc acabou de dizer em outro post que sim!
huahuahuahuahuahua
Boboca...

Alexandre Matos disse...

hahahahahahahaha

E foi justa mesmo! Na imagem da Globo, a expulsão foi ridicula. Mas qdo vi a imagem no Sportv, da pra ver q o JH entra com o cotovelo na cara.

Mas só deu pra ver na segunda imagem, por isso me retratei.

Chã, Patinho & Lagarto disse...

Eu não falei que o post dizia que o rebaixamento fazia o clube tomar vergonha. Só disse que MUITAS pessoas afirmavam isso (não vc). E pra mim é besteira do mesmo modo. Cada um tem seu ponto de vista. O campeonato por pontos corridos pode ficar aí por 40 anos e apenas 3 times se estruturem, por exemplo. Aí vai ser uma merda como os campeonatos europeus, dominado por esses 3 clubes. E o resto? O campeonato seria por pontos corridos por 40 anos e só 3 se estruturaram. Aí ninguém pode afirmar que o campeonato é bom pq faz os clubes se organizarem. Ele é mais justo, apenas isso. Mas muito mais sem graça. E repito: clube se organizar é vergonha na cara e trabalho decente e bem planejado. Assim como eu falo pros idiotas que defendem a tese do rebaixamento bom. O Flamengo não precisou cair pra se reestruturar (e acredito que esteja se reestruturando). Mas tb não acredito que está fazendo isso por causa dos pontos corridos.
Enfim, só o tempo dirá quem tem razão. Só espero que daqui a alguns anos o campeonato não se torne uma bosta monótona como foi em 2003, 2006 e 2007 (na briga pelo título).

Alexandre Matos disse...

Entao veja como sao as coisas. Em 2003, 2006 e 2007 nao teve graça?

Em 2004, 2005 e 2008 nao podemos dizer o mesmo. Já é metade dos campeonatos.

Chã, Patinho & Lagarto disse...

Eu não concordo.
2004 so não inclui pq ainda teve uma briguinha com o Atlético-PR. Mas tb foram só 2 times brigando. 2005 foi a remarcação dos jogos q deu graça ao campeonato. Mas de fato foi q mais teve graça dos q ja terminaram por pontos corridos. E 2008 ainda não acabou.
E pra mim é muito pouco, mesmo q a metade q vc falou tivesse graça. Era pra ser todos assim. Como sempre foi.